Metallica remarca shows no Brasil para dezembro

O Metallica anunciou nesta quarta (25) que os quatro shows no Brasil foram remarcados para dezembro —inicialmente seriam em abril. A banda passa com a turnê WorldWired por Porto Alegre (14 de dezembro, na Estacionamento da FIERGS), Curitiba (16 de dezembro, no estádio Couto Pereira),  São Paulo (18 de dezembro, no estádio do Morumbi) e Belo Horizonte (20 de dezembro, no estádio Mineirão).

A apresentação em Porto Alegre, mas pela indefinição do calendário esportivo nos estádios a Live Nation decidiu fazer a mudança.

“Estamos todos colocando a segurança em primeiro lugar, auto-isolando e com a distância social, mas não para sempre! Com isso dito, os shows da turnê sul-americana originalmente planejados para abril estão em processo de mudança para dezembro”, diz nota publicada no site do grupo.

Os ingressos têm preços de R$ 125 a R$ 780, e ficam disponíveis no site da Eventim. Segundo a produtora Live Nation, as entradas adquiridas para abril serão válidas para o fim do ano e informações sobre reembolso serão divulgadas em breve.

Greta Van Fleet vai ser o responsável pela abertura em todos os shows da turnê pela América do Sul e o grupo Ego Kill Talent marca presença os eventos no Brasil.

“Greta Van Fleet vai ficar a bordo para fazer essa rodada conosco, e vamos a todas as cidades, mas alguns lugares dos shows podem mudar. Voltaremos ainda nesta semana com as novas datas e detalhes sobre ingressos, locais e tudo o que você precisa saber”, afirma o comunicado.

O Metallica ainda tinha marcados compromissos no Santiago (Chile), em 15 de abril, e Buenos Aires (Argentina), em 18 de abril, que também foram para o fim do ano.

A Covid-19 tem causado o cancelamento de diversos eventos musicais. Os Backstreet Boys, também trazidos pela Live Nation ao país, tiveram de adiar a última apresentação que fariam em São Paulo e ainda não foi reagendada.

Lollapalooza Brasilagendado para 3, 4 e 5 de abril, no autódromo de Interlagos (zona sul de São Paulo), foi reagendado para os dias 4, 5 e 6 de dezembro. As versões da Argentina e do Chile seguiram o mesmo movimento e, do fim de março, passam para o fim de novembro.

No Brasil, os sete shows da boy band inglesa McFly, que seriam em março, foram transferidos para setembro e outubro: São Paulo (24/9), Curitiba (25/9), Porto Alegre (27/9), Uberlândia (29/9), Ribeirão Preto (1º/10), Belo Horizonte (3/10) e Rio de Janeiro (4/10).

“Devido a consequências imprevisíveis da crise de saúde mundial e o alerta de pandemia de coronavírus da OMS, a turnê do McFly no Brasil foi adiada,” explicou a banda no Instagram.

A passagem conjunta de Offspring e Pennywise no Brasil, em março, também foi adiada por tempo indeterminado.

Coachella, um dos principais festivais do mundo, foi remarcado nesta semana. O evento na Califórnia seria realizado de 10 a 12 e 17 a 19 de abril. Agora, vai ser de 9 a 11 e de 16 a 18 de outubro.

As cantoras brasileiras Anitta e Pabllo Vittar são duas representantes do Brasil no lineup, que ainda conta com Rage Against the Machine, Travis Scott, Frank Ocean, Lana Del Rey e Fatboy Slim.

Performances de bandas como o Pearl Jam e da cantora Madonna também tiveram de ser canceladas.

O grupo liderado por Eddie Vedder adiou a primeira parte da turnê  Gigaton, que começaria em 18 de março e contaria com 17 shows na América do Norte.

Em Paris, Madonna seguiu a recomendação da polícia local e cancelou duas apresentações da turnê Madame X, em 10 e 11 de março.

O Ultra Music Festival, em Miami, o Tomorrowland Winter, em Alpe d’Huez (França), e shows de Bob Dylan no Japão também seguiram o caminho.



+ Mais Lineup

Sugestões, críticas ou dúvidas? Envie para
folha.lineup@gmail.com

Siga também no Linkedin, Twitter e Instagram